Notícias e Destaques



OiRA – REABILITAÇÃO E REMODELAÇÃO DE EDIFÍCIOS


A Rede Europeia de Empresas e a Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho (EU-OSHA), com a sua rede de pontos focais, procuram ajudar a gerir melhor os riscos de SST.

A boa gestão dos riscos de SST implica reconhecer e avaliar os riscos e tomar medidas para os evitar ou reduzir, prevenindo assim doenças e lesões evitáveis.

Já está disponível mais uma ferramenta de avaliação dos riscos para o setor da Construção Civil, nomeadamente para a REABILITAÇÃO E REMODELAÇÃO DE EDIFÍCIOS. Para este setor, podem também ser utilizadas as de CONSTRUÇÃO DE EDIFÍCIOS, ESCRITÓRIOS e COVID-19.

Estas ferramentas são interativas, gratuitas e permitem ao utilizador (por exemplo, empreiteiro, técnico de SST, encarregado, coordenador de segurança, trabalhador, etc.) proceder à gestão do risco no seu local de trabalho.

A ferramenta tem como base uma metodologia simplificada e acessível ao utilizador (comum a todas as ferramentas), para avaliação do risco através da interação pergunta-resposta. O resultado final permite ao utilizador obter um “relatório” que prevê um plano de ação, onde se encontram identificados os riscos e respetivas medidas de prevenção a adotar perante determinada operação e/ou risco identificado.

A utilização desta ferramenta não isenta do cumprimento das disposições regulamentares previstas em legislação específica, nomeadamente a organização dos serviços de Segurança e Saúde no Trabalho e a relacionada com a atividade de construção civil. Não se trata de um documento exaustivo, pelo que o empregador e os demais intervenientes no estaleiro têm sempre de respeitar as prescrições previstas, entre outros, nos Decretos-lei 273/2003, de 29 de outubro, e 41821/1958, de 11 de agosto.

As ferramentas podem ser acedidas através de computador ou de aplicação móvel, clicando nas ligações seguintes:


Veja aqui mais informação sobre as ferramentas:




ações a iniciar
plano de formação do CICCOPN
plano de formação do LGMC
links úteis
notícias